AVISOS  (Atualizado em 05.03.2020)

 

1. Novo Coronavírus – Covid-19

Como parte das medidas de emergência adotadas pelas autoridades israelitas no sentido de prevenir o contágio do Covid-19, é negada a entrada em Israel de todos os cidadãos estrangeiros não-residentes que tenham visitado a China, a Tailândia, Coreia do Sul, Singapura, Japão, Itália, França, Alemanha, Suíça, Espanha, Áustria ou Macau e Hong Kong nos 14 dias que antecederam a sua entrada em Israel (em caso de uma escala inferior a 5 horas num destes países, a entrada em Israel deverá ser permitida).

Os indivíduos residentes oficiais em Israel que se tenham deslocado a estes países/territórios nos 14 dias que antecedem o seu regresso a Israel, terão de permanecer em quarentena (isolados numa divisão da sua residência) por um período de, pelo menos, 14 dias seguidos.

De sublinhar que, no que diz respeito à entrada de turistas em Israel, tem-se verificado que é feita à chegada uma avaliação caso-a-caso pelos próprios agentes fronteiriços no aeroporto Ben Gurion, sendo por vezes negada a entrada em território israelita.

Aqueles a quem é permitida a entrada em Israel, e caso venham a sentir algum dos sintomas associados ao Covid-19 (náuseas, febre, tosse, etc), deverão contactar imediatamente as autoridades sanitárias israelitas, através do número de emergência 101.

Mais informações sobre as medidas especiais adotadas no quadro do Covid-19, podem ser encontradas na página do Ministério da Saúda israelita: https://govextra.gov.il/ministry-of-health/corona/corona-virus-en/

  • Partilhe