1. Covid-19 - ISRAEL

Tendo em conta as mais recentes medidas de emergência adotadas pelas autoridades israelitas no sentido de prevenir e conter o contágio do Covid-19, desaconselham-se todas as deslocações não necessárias de cidadãos portugueses a Israel.

A partir das 20h00 do dia 12.03.2020, todosos cidadãos estrangeiros(turistas) que entrem em território israelita terão de respeitar um período de quarentena de 14 dias, estando a sua entrada dependente da apresentação de comprovativos de que respeitarão efetivamente essa quarentena (reservas de hotel e outras unidades de alojamento do género não serão consideradas válidas para este efeito).

Todos os visitantes estrangeiros que tenham de deslocar-se a Israel por razões profissionais ou outras, terão de solicitar uma autorização de entrada e provar a possibilidade de respeitar o período de quarentena junto da Embaixada de Israel no seu país de origem. Para o efeito, terão de enviar um email com 5 dias de antecedência da viagem com o seguinte texto:

“Mr./Mrs. ____ intends to arrive to Israel for a visit between the dates ____ on flight ____ from____. I declare in full honesty and commit myself that upon arrival to Israel I will confine myself to home quarantine with ____ at the following address____, email ____, and telephone/mobile phone number ____”

O pedido será analisado pelas autoridades competentes israelitas e será, posteriormente, enviado um email de autorização (ou não) ao requerente.

Nota que, em todo o caso, a decisão final quanto à entrada em território israelita caberá sempre ao oficial de fronteira presente no aeroporto Ben Gurion à chegada a Israel.

No que se refere a cidadãos portugueses que residam em Israel, a sua entrada em Israel será permitida desde que apresentado o seu cartão de residência ou cidadania – Teudat Zehut -, devendo também imperativamente gozar um período de quarentena de 14 dias.

Aqueles a quem é permitida a entrada em Israel, e caso venham a sentir algum dos sintomas associados ao Covid-19 (febre superior a 37,5 graus, tosse, dificuldade em respirar etc), deverão contactar imediatamente as autoridades sanitárias israelitas, através do número de emergência médica (101) ou da hotline para o COVID-19 (*5400).

Mais informações sobre as medidas especiais adotadas no quadro do Covid-19, podem ser encontradas na página do Ministério da Saúda israelita: https://govextra.gov.il/ministry-of-health/corona/corona-virus-en/

  • Partilhe